Ferramentas de Utilizador

Ferramentas de Site


a_noite_depois_da_ceia

À noite depois da Ceia

Silva Escura. União das Freguesias de Silva Escura e Dornelas.

I

À noite depois da ceia

Ai, principiada a desfolhada.

Para o brio desta aldeia

Oh! Ai, acaba de madrugada.

Coro:

Ó moças solteiras cá deste lugar

Afoitas brejeiras p’ró vira dançar

Que dança tão bela sempre à nossa moda

Batendo as chinelas certinhas na roda

II

Hei-de te roubar Maria

Ai, um desses beijos dos teus

Ou fazemos uma troca

Oh! Ai, dás-me um por quatro dos meus.

Coro

III

Se me roubares um beijo

Ai sempre te chamo ladrão

Porque um beijo só se dá

Oh! Ai, quando manda o coração

Coro

IV

Um beijo dado ou roubado

Ai, duma boca como a tua

Deixa ficar abismado

Oh! Ai, o sol e a própria lua

Coro

V

Às vezes sinto desejo

Ai de te excomungar até

Os meus beijos não se vendem

Oh! Ai, são para dar ao meu José.

Coro

VI

Antes que meu pai me mate

Ai minha mãe me tire a vida

Minha palavra está dada

Oh! Ai, minha mão está prometida.

Coro.

Fonte

Bibliografia

  • Tavares, A. H. (2012). “Cantares Populares de Antanho”. in Sever do Vouga Memórias de um Povo. Confraria Gastronómica de Sever do Vouga. Sever do Vouga. p. 16

Museu Municipal de Sever do Vouga 2020/04/24 18:50

a_noite_depois_da_ceia.txt · Esta página foi modificada pela última vez em: 2020/05/11 19:09 (Edição externa)