fbpx

30 Anos de Mirtilo em Sever do Vouga

Foi nos mês de Dezembro de 1990 que se realizou a primeira plantação, na Quinta do Linheiro, Sanfins, Rocas do Vouga, pertencente à Fundação Bernardo Barbosa de Quadros.

Nestes 30 anos o cultivo do Mirtilo desenvolveu-se por todo o concelho, sendo hoje Sever do Vouga, a Capital do Mirtilo.

Partilhamos a notícia publicada na edição de Agosto de 1991 do jornal “Terras do Vouga

TÉCNICOS HOLANDESES REÚNEM COM AGRICULTORES
Na Fundação Bernardo Barbosa de Quadros, em Sanfins-Sever do Vouga, decorreu uma reunião que contou com a participação de vários agricultores e técnicos holandeses ligados à Hortobeira.
O encontro visou o intercâmbio de informações sobre a cultura dos mirtilos, originários da América do Norte, onde as plantas crescem em terrenos húmidos, bem como ao longo das margens arenosas dos rios e dos lagos.
Os frutos de plantas silvestres possuem, normalmente, um diâmetro de 7-9mm. Por meio de selecção, as variedades comerciais têm frutos com diâmetro até 20mm.
Em Dezembro de 1990, a Hortobeira plantou em Sanfins – Sever do Vouga, Lamego e Tarouca, alguns dos primeiros mirtilos em Portugal. Trata-se duma experiência que conta com o apoio da Cooperativa Agrícola de Sanfins e da Cooperativa Agro-Tarouca e Lamego.
De referir que a Hortobeira é uma sociedade anónima, recentemente criada, e integra várias cooperativas agrícolas da região, a União de Cooperativas de Entre Douro e Mondego (Lacticoop), a Hortifoz, produtores individuais e parceiros holandeses da Fundação Lockhonn e da HVA – Horticulture.
Através da experimentação iniciada, pretende-se confirmar que a cultura do mirtilo tem possibilidades no nosso país. Uma vantagem grande para Portugal é que a colheita pode ser feita cerca de 20 dias mais cedo do que no Norte da Europa, onde as áreas cultivadas com mirtilos se situam entre os 25 e os 600 hectares.

Nota: O nome correcto da Fundação holandesa é Carel Lockorn

Reportagem do jornalista Miguel Guedes, transmitida no Telejornal do Canal 1 de 30-08-1994
clique na imagem para ficar a conhecer o Mirtilo de Sever
Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

No termos do Decreto 3-A/2021, de 14 de Janeiro, o Museu está encerrado até 30 de Janeiro, devido ao estado de emergência.
Apesar de estarmos encerrados, ESTAMOS ON com diversos conteúdos disponíveis no nosso sítio na Internet.

Estamos encerrados mas ESTAMOS ON