261, Por terras de Sever do Vouga

Exposição de marcadores ilustrados a tinta da china e aguarela, da autoria de Bastiana Angélico.

Inaugurada a 22 de Junho, estará patente ao público até 31 de Dezembro de 2019.

Constituída por 261 marcadores de livro ilustrados a tinta-da-china e aguarela, e tem por objetivo promover e divulgar o riquíssimo património religioso de todo o concelho de Sever do Vouga.

Em eloquentes traços artísticos, o autor retrata-nos os encantos de todas as alminhas, de freguesia em freguesia, bem como levando-nos a conhecer e a descobrir muito do nosso património arquitectónico, histórico e religioso que, a muitos dos nossos visitantes, passa despercebido.

Apesar de se tratar de uma mostra direccionada para todos os tipos de público, ela é também, pelo seu carácter didáctico, uma exposição vocacionada para toda a comunidade escolar.

.

Bastiana Angélico

(Feliciano Nuno Bastiana Angélico), nasce a 27 de Novembro de 1971, em Melun, Seine-et-Marne (França). Reside em Viseu.

Frequenta entre 1989 e 1992, a Escola Secundária Soares dos Reis, os Cursos de Arquitectura e Design.

Primeira exposição individual tinta-da-china sobre materiais diversos, (Optical Art) em bares da Ribeira do Porto em Setembro de 1990.

Licenciado, em Educação Visual e Tecnológica e Educação Básica (1ºCEB) na Escola Superior de Educação de Viana do Castelo em 1997.

Em 2008 conclui pós-graduação em Ciências da Educação, especializando-se em Administração e Organização Escolar, pela Universidade Católica Portuguesa de Viseu.

Professor de Educação Visual e Tecnológica (2ºCEB), Ensino Básico (1º CEB) de Quadro de Agrupamento de Escolas de Sever do Vouga, desde 2009 até hoje.

Professor do 1ºCEB desde 2015, no Centro Escolar de Rocas do Vouga.

Inicia em 2007, projecto de ilustração de marcadores de livros, (técnica mista- aguarela e tinta da china monocromática) retratando paisagens do Parque do Douro Internacional.

Em 2012, inicia um projecto inovador (investigador e ilustrador), “PELOS CAMINHOS DE PORTUGAL” em marcadores de livros/ postais /obras A4 e A5 (técnica mista- aguarela e bico de pena – tinta da china policromática), retratando todo o património cultural, etnográfico e arquitectónico, religioso, militar, civil e paisagístico deste nosso país e ilhas. 

Em 2015, inicia projecto (investigador e ilustrador), “ROMÂNICO IBÉRICO” em marcadores de livros (técnica mista- aguarela, bico de pena – tinta da china policromática).

Tem obras, que fazem parte do património artístico de instituições públicas, privadas e colecções privadas neste nosso país, Espanha, França, Reino Unido e Brasil

Partilhe: